No próximo domingo (06/10), a secretaria municipal de Turismo realiza mais uma edição do “Samba di Boteco”, tradicional roda de samba que reúne cantores e compositores do cenário carioca. O sambista Claudinho Guimarães comanda o show gratuito a partir das 17h, na Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro.

No repertório estão incluídas músicas do próprio Claudinho Guimarães, que é o autor de sambas que ficaram marcados na voz de Zeca Pagodinho, como “Quando a gira girou” e “Lá vai marola”, e sucessos de compositores inesquecíveis como Nelson Cavaquinho, Candeia e Cartola, dentre outros expoentes da cultura brasileira. O projeto já recebeu artistas conhecidos do público como Paulinho Mocidade e Zé Luis do Império, além de compositores do “Quintal do Zeca Pagodinho”, que criaram alguns dos sucessos da carreira do cantor, dentre eles, “Tá ruim mais tá bom”, “Poxa”, “Dona encrenca” e “Dona esponja”.

Durante mais de um ano de realização, o “Samba di Boteco” também abriu espaço para cantores locais mostrarem seu talento em rodas de samba ao ar livre nas praças do município. Jô Borges, Lina Bastos, Ivan Amendoim, Mirene Alves, Dalva Alves, Ronaldo Valentim, Rafael Caçula, Geanni Mello, Sapato, Rosa Brasi, Jorge Motta, Maestro Brenha e Colatino são alguns nomes da região que já se apresentaram no projeto.

Para Claudinho Guimarães, o projeto, é um excelente momento para confraternizar com a família ao som de música de qualidade. “É uma ótima oportunidade para resgatarmos nomes consagrados da nossa música e celebrarmos os bons valores da vida”, destacou o sambista e compositor.